navegar pelo menu
7 de janeiro de 2019

Eu sempre gostei muito de assistir clipes musicais. Meu programa favorito era o TVZ, lembro que na época (por volta de 2005) eu não tinha internet, então quando queria a letra de uma música, ficava na frente da TV com o gravador do celular para repetir o que aparecia na tela. Depois ficava ouvindo e passava a tradução para minha agenda.

(O quão velha eu me senti ao usar "não tinha internet", "gravador do celular" e "agenda" na mesma frase? Muito mais do que eu me sinto quando vejo que minhas irmãs mais novas já são maiores de idade e que minha filha já tem 4 anos).

Vamos aos clipes que eu adoraria ver como filme, antes que a idosa aqui se esqueça quais são! 😂

Savin' me - Nickelback
Houve uma época, em que uma discussão sem fim com um colega de trabalho se estendia por horas por causa desse clipe. Ele jurava que era filme, mas ai tínhamos que convence-lo de que era só o clipe muito fod* do Nickelback.

Maps - Maroon 5
(Nota: quase todos os clipes do Maroon 5 poderiam virar grandes filmes. Eu assistiria todos, mas acho que eu sou bem suspeita para falar.)

High Hopes - Kodaline
(Eu choro só de assistir esse clipe. Sei que já deve ter algum filme parecido com a história, mas eu não consigo me lembrar de nenhum agora).

Tem muitos clipes que eu gostaria de ver nos cinemas, mas vou me limitar a esses três, porque senão o post não terminaria nunca. Qual clipe você gostaria de ver como filme? Ah, e se você conhece algum filme que seja parecido com algum desses clipes, peloamordedeus me fala!

Um beijo e até o próximo post, nesse mesmo blog - mas não no mesmo horário!
🌠
3 de janeiro de 2019

Antes de mais nada: não vou te desejar feliz 2019, mas sim, uma feliz vida para você! (Recebi um e-mail muito lindo esses dias - alô pessoal do Personare, estou falando de vocês 😁 - com essas mesmas palavras. Então, como tudo que é bom a gente repassa, estou criando uma corrente do bem <3)

E falando da vida, esses dias andei pensando sobre ela. Sobre cada pequeno detalhe que a compõe e cheguei à conclusão de que ela é como um jogo de tabuleiro: a gente se empenha, cria estratégias para vencer, usamos nossas melhores táticas, mesmo sabendo que no fim, todas as peças voltam para a caixa de onde saíram. E mesmo a gente vencendo ou não, sabemos que no fim, demos o nosso melhor.

E a vida é exatamente assim.

Somos peças que uma hora voltam para sua caixa de origem. Nossos esforços, nossas vitórias e derrotas, no fim só serão uma mera lembrança, uma história a ser contada em um momento de descontração.

Então, depois de fazer essa analogia, percebi que não temos tempo o bastante. Assim como em uma partida de xadrez, tem um reloginho do nosso lado contando cada segundo. A vida é um instante e temos que fazer aquilo que gostamos, aquilo que achamos bom para nós, temos que viver nossa vida sem a pretensão de agradar o outro o tempo todo.

Você tem que mover suas peças, usar suas táticas, tem que almejar sim a sua vitória. Você não é egoísta por querer ser feliz (mas se sua felicidade depende da tristeza do outro, ai talvez você seja uma pessoa meio ruinzinha, sim - sorry not sorry).

Resumindo, eu te desejo uma instante vida feliz, recheada de momentos que fazem seu coração bater mais forte. Desejo que esse jogo que é a vida chegue ao seu fim e todos nós possamos olhar para ela e dizer: valeu a pena!

🌠

Encontrei essa foto aqui!